Não á cultura do estupro!

image

“Que história é essa de estupro que ta todo mundo falando?” perguntou minha irmã caçula enquanto eu passava pela sala. Não sabia do que ela estava falando, e já tive um aperto no coração só de ouvir essa palavra. Se tem uma palavra que me causa arrepios, é essa. Não existe nada mais sujo que um homem possa fazer, na minha opinião,  é a mais baixa.

image

Uma menor de idade, foi estuprada, não por um homem, mas sim trinta. Foram trinta. Foram trinta homens, que sabiam exatamente o que estavam fazendo. Era tudo um plano, que foi muito bem sucedido. Ela foi dopada. Ela foi estuprada. Por trinta homens.

“Se estivesse em casa lavando os pratos nada disso ia acontecer”

“Com uma roupa dessas, é claro que ia ser estuprada”

“Ela pediu por isso se vestindo com roupas curtas”

“Se tivesse numa igreja…”

Esses foram alguns dos comentários nas redes sociais. Efeito da cultura do estupro. Onde a vítima, é sempre a culpada. Onde quem está errado, na verdade está certo. Porque você cresceu ouvindo o seu pai falar “é tudo puta” quando viam uma mulher de saia curta na rua. Seu colega da escola te disse que aquela garota era fácil, qualquer um “comia” ela. Suas tias falavam “não se dá ao valor, não merece respeito” e você? Você aceitou tudo aquilo, e virou verdade absoluta. Você se tornou o tipo de pessoa que dá nojo em qualquer um que saiba onde está o errado da história.

image

A culpa não é da minha roupa curta. Do meu batom vermelho. Das minhas unhas grandes. A culpa não é do meu olhar sexy, eu nasci com ele. Do meu jeito de dançar na pista, como se não houvesse amanhã. Estou bêbada? Mas não sou sua, e nem quero ser. A culpa não é da minha falta de modos. Ou daquela rua deserta por onde eu passo pra chegar em casa. Nem do ônibus lotado, não, não é culpa do ônibus lotado. A culpa… A culpa é toda sua.

A culpa é sua que não consegue olhar pra uma garota sem querer arrancar pedaços. A culpa é sua que deseja, e não pode ter, mas mesmo assim quer! A culpa é sua que não consegue ouvir um “não” na balada e parte pra agressão. É sua, que se aproveita da quantidade de gente no ônibus, pra se esfregar nas garotinhas. É sua, é toda sua.

image

image

Podia ser a minha irmã, minha prima. Minha filha pode passar por isso no futuro, e eu também agora. Lute, por você, sua família, e por todas as mulheres. Eduque, seus filhos, seus irmãos. Eles precisam aprender, que isso é errado, e que a culpa não é da vítima! Só precisamos de união, união entre as mulheres, para fazer desse mundo um lugar melhor. Onde nenhuma mulher tenha medo de sair de casa sozinha, ou de usar seu batom vermelho e sua saia curta. Sem ter medo de mostrar seu corpo, seja por calor ou por querer. Por um mundo onde as mulheres não tenham medo de serem mulheres. Onde as mulheres não precisem da companhia de um homem pra se sentir segura nas ruas.

image

Vamos lutar!

Anúncios

2 comentários sobre “Não á cultura do estupro!

  1. Que arrepio isso causa. Acredito que NADA justifica. E as pessoas deveriam entender isso de uma vez …Não importa onde. Como ela estava. NADA justifica um homem violentar contra vontade uma mulher. Isso é irreal. E quem não tiver noção disso me assusta por completo. Fiquei chocada. E fico mais chocada ainda com os argumentos que vemos na Internet. Só Deus pra nós proteger msm. Bjo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s